DestaquesJustiça

Ministério da Justiça anuncia construção de muralhas em penitenciárias

O Ministro da Justiça e da Segurança Pública, Ricardo Lewandowski, anunciou um plano de segurança envolvendo a construção de muralhas ao redor de todas as penitenciárias federais brasileiras. A medida visa impedir episódios de fuga semelhantes ao recente caso no presídio de Mossoró, no Rio Grande do Norte.

Atualmente, a Penitenciária Federal de Brasília é a única que possui um muro de proteção adicional às grades originais, um modelo que agora será estendido às demais unidades prisionais sob a gestão do ministério.

Além das muralhas, Lewandowski anunciou uma série de iniciativas para aumentar a segurança nas penitenciárias, incluindo a modernização do sistema de videomonitoramento e o aprimoramento do controle de acesso dos visitantes com a introdução de um sistema de reconhecimento facial. O plano também contempla a ampliação dos sistemas de alarme e sensores de presença.

Como parte do reforço, o ministro informou que solicitará a nomeação de 80 policiais penais federais, já aprovados em concurso público, para integrar o Sistema Prisional Federal, com um foco especial no presídio de Mossoró.

Os investimentos para as novas medidas de segurança virão do Fundo Penitenciário Nacional (Funpen), gerido pela Secretaria Nacional de Políticas Penais (Senappen), destinado a financiar o aprimoramento e a modernização do sistema prisional do país.

Essas ações ocorrem em resposta à primeira fuga registrada em uma unidade de segurança máxima do sistema penitenciário federal, levantando suspeitas de que os fugitivos possam ter escapado pelo teto da cela.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.