Plantão Policial

VÍDEO: Em Manaus, Mãe de grávida executada no Mutirão chora desesperada em frente ao IML

Manaus – Na noite da última sexta-feira (24), identificada como Pérola Eduarda, foi assassinada com pelo menos 12 tiros por pistoleiros na Rua 50, bairro Mutirão, Zona Norte da capital. A mulher estava grávida de 2 meses. Ela teria sido sequestrada após um duplo homicídio.

A mãe da jovem grávida assassinada foi filmada chorando desesperada em frente ao IML (Instituto Médico Legal) aos prantos, sem aceitar que sua amada filha juntamente de seu neto, foram executados.

De acordo com a polícia, o crime pode ter relações com a morte de Vitor Patrick Frota Maia, de 21 anos, e Thiago da Costa Santos, assassinados dentro de uma kitinet, no bairro do Monte das Oliveiras, também na Zona Norte.

Ainda conforme a polícia, a mulher estava amordaçada e com as mãos amarradas. Ela teria sido jogada de um carro branco, modelo Ônix e assassinada a tiros pelos criminosos.

A mãe de Thiago confirmou no Instituto Médico Legal (IML) que Pérola estava grávida de 2 meses. Thiago foi executado junto com Vitor Patrick Frota Maia, 21, em uma kitnet por volta das 20h, na ocasião Pérola, uma outra mulher e duas crianças foram sequestradas.

Cerca de 2 horas depois, Pérola foi jogada de um carro e executada com 12 tiros na cabeça. O crime foi filmado pelo pistoleiro e divulgado na internet. A outra mulher sequestrada e as duas crianças, que ainda não foram identificadas, não foram encontradas até o momento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.