CMMPolítica

Vereador Ivo Neto se pronuncia sobre denúncias relacionadas ao ‘Zona Azul’

‘Precisamos cobrar essa empresa para prestar um serviço de qualidade para a população’, destaca Ivo Neto

Durante a Sessão Plenária desta terça-feira (28/11) na Câmara Municipal de Manaus (CMM), o vereador Ivo Neto (Patriota) abordou as irregularidades relacionadas aos serviços oferecidos pelo sistema de estacionamento rotativo, Zona Azul.

A população de Manaus tem expressado diversas preocupações em relação ao sistema Zona Azul na cidade. Estas, incluem a falta de sinalização das vagas devido ao desgaste da tinta no asfalto, duplicidade na numeração das vagas e a escassez de funcionários para atender todos os cidadãos que estacionam nessas áreas.

“Nós precisamos continuar cobrando para que, além de dar explicações às pessoas que recebem um serviço insatisfatório, a empresa responsável possa se atualizar e aprimorar o serviço que oferece, pois a população não merece passar por essas dificuldades”, destacou o vereador durante seu discurso.

A Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus (Ageman) já notificou repetidamente a empresa Tecnologias de Trânsito da Amazônia, responsável pela operação da Zona Azul, devido às denúncias de má prestação do serviço de estacionamento rotativo no Centro de Manaus.

O serviço de estacionamento rotativo pago Zona Azul tem como objetivo democratizar o uso das vagas de estacionamento nas ruas e avenidas do centro de Manaus e o conjunto Vieiralves. Atualmente, o serviço está consolidado na capital, oferecendo 5.397 vagas, sendo 3.863 na área central de Manaus, principalmente no trecho do centro histórico e nas proximidades do Mercado Municipal Adolpho Lisboa, e outras 1.534 no conjunto Vieiralves, no bairro Nossa Senhora das Graças, zona centro-sul.

O custo para uma hora de utilização do serviço é de R$ 3,50, e os motoristas podem permanecer na mesma vaga por até três horas.

Texto: Taísa Passos – Assessoria de Comunicação do vereador
Foto: Mauro Pereira – Dicom/CMM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.