Manaus

Sem arrependimentos: Gleisi Hoffmann intensifica críticas à Justiça Eleitoral

A presidente do PT, deputada Gleisi Hoffmann, intensificou suas críticas à Justiça Eleitoral. Em uma entrevista no Recife, ela esclareceu que suas observações iniciais, onde chamou a existência de uma Corte eleitoral no Brasil de “absurdo”, foram mal interpretadas.

Hoffmann criticou a postura técnica do órgão: “Fiz uma crítica dura, especialmente ao corpo técnico da Justiça Eleitoral, que frequentemente desvia-se dos aspectos técnicos da prestação de contas. Eles fazem interpretações que contrariam a jurisprudência. É válida a crítica quando se considera o alto custo da Justiça Eleitoral, quase três vezes o de uma campanha.”

A resposta da líder petista veio após o presidente do TSE, ministro Alexandre de Moraes, descrever suas declarações como “agressões infundadas”. Hoffmann, por sua vez, questionou se Moraes teve tempo adequado para entender seu ponto de vista: “Respeito sua posição. Ele sentiu a necessidade de defender a Justiça Eleitoral. Mas minha fala foi interpretada pela mídia de uma forma que ele pode não ter captado totalmente.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.