Legislativo Amazonense

LEGISLATIVO AMAZONENSE: CPI da Amazonas Energia define Sinésio como presidente e Carlinhos Bessa como relator

MANAUS – A CPI da Amazonas Energia definiu nesta quinta-feira, 2, o nome do deputado estadual Sinésio Campos, do PT, e o deputado Carlinhos Bessa , do PV, como, respectivamente, presidente e relator da Comissão.

O presidente da ALE-AM (Assembleia Legislativa do Amazonas), deputado Roberto Cidade (PV), participou da reunião e afirmou que a Comissão tem o apoio da Casa para realizar as investigações com eficiência.

“A reunião definiu os nomes da presidência e vice da CPI, seguindo o que preconiza nosso regimento. Agora, os trabalhos vão começar e teremos resultados para a população”, disse Cidade.

O presidente da CPI, Sinésio Campos, afirmou que a instalação da Comissão mostra que o Poder Legislativo não está se omitindo na questão e quer resolver os problemas ocasionados pela Amazonas Energia. O petista disse ainda que a formação da composição da CPI levou em consideração a paridade e os blocos partidários.

“O primeiro passo agora é definir as estratégias e fazer planejamento de acordo com o desejo da sociedade”, avaliou, complementando que nunca houve uma CPI suprapartidária.

O deputado Carlinhos Bessa, que assume a relatoria da CPI, assegurou que os trabalhos serão conduzidos de forma isenta.

“O trabalho da CPI será de apuração da destinação de recursos públicos, do planejamento e prestação de serviços da Amazonas Energia. Iremos apurar, também, as irregularidades encontradas e as constantes queixas da população na qualidade do fornecimento de energia elétrica. A função que recebi é muito importante e irei desempenhar com muito rigor para que possamos dar uma resposta efetiva para a população que tanto sofre com esses problemas, principalmente no interior. As questões vão além dos impactos econômicos”, assegurou.

Além de Sinésio e Carlinhos, fazem parte do colegiado, os deputados Dermilson Chagas (Podemos), Fausto Jr (MDB) e Cabo Maciel (PL).

O objeto da investigação é a apuração de denúncias da má prestação do serviço de distribuição de energia elétrica, principalmente no interior.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.