CMMPolítica

Janeiro Branco’: Peixoto alerta para importância do cuidado com a saúde mental

Vereador segue para o quarto ano de mandato comprometido com a causa e com gabinete oferecendo atendimento psicológico

O vereador Peixoto (Agir) alerta para a importância de se debater a saúde mental e, sobretudo, conscientizar a necessidade de procurar ajuda médica para o combate e prevenção das doenças psíquicas. Todos os anos, o parlamentar levanta a bandeira e traz à mídia o assunto visando o esclarecimento.

Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), um em cada quatro brasileiros sofrerá com algum transtorno mental ao longo de sua vida. O número impressiona ainda mais quando a entidade aponta que aproximadamente 12 milhões de pessoas são afetadas pela depressão e que cerca de 20 milhões têm ansiedade, em ambos os casos no Brasil.

“O início de ano é marcado pela reflexão das atitudes e balanço do ano que findou. Especialistas afirmam que esse é um período que fica ainda mais latente a sensibilidade da população, o que pode ocasionar momentos de tristeza e acentuação de alguma frustração. Esse é o momento que as barreiras das aflições podem ser ultrapassadas e gerar algum mal-estar e desencadear possíveis problemas”, frisa Peixoto.

Para Peixoto, o aumento de casos relacionados às doenças mentais foi sentido com mais expressão após a pandemia de Covid-19. O período desafiador e as mudanças na rotina, provocadas pela doença, foram o estopim para a explosão de casos, o que deixou em voga assuntos como ansiedade, depressão e pânico.

Uma realidade que fez o parlamentar, desde 2021, atuar na prevenção e no combate dessas doenças. O gabinete do parlamentar conta com uma psicóloga, que de forma gratuita auxilia pessoas que precisam de ajuda.

“O cuidado com a saúde mental deve ter a mesma atenção com que damos a outras partes do corpo até porque é estando com a mente bem que podemos focar em querer melhorar em outras áreas”, reforça o parlamentar.

“Cuidar da mente é a melhor forma de cuidar de si mesmo. Se alguma coisa não parecer bem, neste sentido, não hesite, procure ajuda imediatamente e evite sofrimentos futuros e tardios”, afirma Peixoto.

Janeiro Branco – A campanha foi criada em 2014, em Minas Gerais, com o objetivo de alertar a população sobre a importância da qualidade de vida e atenção a essa questão de saúde pública.

O mês de janeiro foi escolhido pois é no início do ano que muitos têm a sensação de recomeço, de iniciar novos planos e propósitos. Nesse clima, a ideia de não realizações podem trazer desgostos e assim desencadear pensamentos negativos, comumente sentido no início de algum distúrbio mental.

Com o intuito de mostrar que todos têm a chance de escrever uma nova história, que o branco é lembrado como recomeço. Assim se dá o motivo da escolha da cor.

Em 2024 a campanha completa 10 anos, a lei nº 14.556, reconheceu a relevância do movimento e instituiu a campanha Janeiro Branco a nível nacional desde em 2023.

Texto: Assessoria de Comunicação do vereador
Foto: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.