Manaus

Representante do MS defende que médicos do AM prescrevam cloroquina

MANAUS – Em visita a Manaus nesta segunda-feira (4), a secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde, Mayra Pinheiro, atacou a imprensa e defendeu o uso da cloroquina no tratamento precoce da Covid-19. Ela foi além e fez um apelo aos profissionais da medicina no Amazonas para que eles prescrevam o medicamento para paciente diagnosticados com o coronavírus.

Durante pronunciamento nas redes sociais ao lado do governador Wilson Lima (PSC), a representante do MS, sem citar diretamente veículos da mídia específicos ou o nome do medicamento anti-malárico, fez uma defesa da tese pregada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) da eficácia do remédio.

“E aí você que está nos assistindo e que tem medo, porque a gente ouve na imprensa, a gente ouve em alguns veículos, que prestam mais desinformação do que informação séria, dizendo que essas medicações não funcionam e hoje a gente já tem evidências científicas suficientes, inclusive avaliadas pelo Conselho Regional de Medicina do Estado do Amazonas, fazendo com que a gente possa ter muita tranquilidade que você possa receber medicamentos que vocês aqui no Amazonas já usam há muito tempo para tratamento da malária, com baixíssimo risco de causar efeitos colaterais”, declarou.

Ela não citou quais estudos comprovariam a eficácia da cloroquina, que, conforme pesquisas publicadas por instituições de renome no meio científico, pode até agravar quadros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.