Manaus

Governo do AM estuda liberar funcionamento de livrarias e papelarias

MANAUS – O governador Wilson Lima (PSC) anunciou nesta terça-feira (5) que o governo estuda, juntamente com outros órgãos e com representantes do setor, uma flexibilização que possa garantir uma abertura parcial de livrarias e papelarias em função da volta às aulas.

Após decisão judicial, as atividades não essenciais estão fechadas por 15 dias desde o início da semana. A medida foi tomada por causa do aumento de casos de Covid-19, que elevaram as internações e os óbitos pela doença nas últimas semanas.

“Nós vamos começar a discutir, juntamente com o nosso comitê e também junto aos órgãos de controle e à Justiça, a flexibilização para as livrarias e papelarias, levando em consideração o início das atividades letivas do ano de 2021. Esse momento de janeiro é o momento em que há uma atividade muito grande de procura por parte dos pais e também da venda por parte desse segmento”, disse Wilson.

“Então, nós já estamos discutindo com o nosso comitê e com os empresários, qual o caminho que a gente vai construir para garantir a venda desses produtos e também todos os protocolos de saúde que estão estabelecidos pelas autoridades”, completou o governador.

As declarações foram dadas durante um pronunciamento, na sede do governo, em Manaus, onde ele falou sobre medidas para minimizar os impactos econômicos da pandemia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.