Governo do Amazonas

Após solicitação do governador Wilson Lima, Força Nacional integra operação de combate às queimadas no sul do Amazonas

Após solicitação do governador Wilson Lima, Força Nacional integra operação de combate às queimadas no sul do Amazonas

Após solicitação do governador do Amazonas, Wilson Lima, o Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) autorizou o envio de agentes da Força Nacional para reforçar o combate às queimadas e focos de incêndio em municípios da região sul do estado. Serão 50 agentes que vão reforçar o efetivo da segunda fase da operação Tamoiotatá. A autorização do envio das tropas foi publicada através da Portaria nº 363, no Diário Oficial da União (DOU), desta sexta-feira (03/09).

A chegada do efetivo no Amazonas acontece no âmbito da operação Guardiões do Bioma, do Governo Federal, atuando de maneira integrada com a operação Tamoiotatá que, por determinação do secretário de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), general Carlos Alberto Mansur, já conta com agentes da SSP-AM, através da Secretaria Executiva-Adjunta de Planejamento e Gestão Integrada (Seagi), da Secretaria Executiva Adjunta de Operações (Seaop) e da Secretaria-Executiva-Adjunta de Inteligência (Seai); da Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da Delegacia Especializada em Crimes Contra o Meio Ambiente (Dema); da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), com policiais do Batalhão de Policiamento Ambiental (BPAmb) e bombeiros militares; além do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam). O efetivo estadual começou a desembarcar nos municípios de Lábrea, Humaitá, Apuí e Boca do Acre, desde o dia 17 de agosto.

Ainda segundo o documento publicado, as tropas federais devem permanecer no estado até o dia 11 de novembro, prazo que pode ser prorrogado conforme a necessidade. No dia 22 de julho deste ano, o governador Wilson Lima esteve no lançamento do primeiro Plano Estratégico Operacional de Atuação Integrada no Combate a Incêndios Florestais – Guardiões do Bioma, na sede MJSP, em Brasília, onde destacou a atuação do Governo do Amazonas na repressão ao desmatamento ilegal neste ano.

Tamoiotat᠖ Coordenada pela SSP-AM e pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), a operação Tamoiotatá teve início em abril deste ano. Para a segunda fase, que iniciou na segunda quinzena de agosto, o Governo do Estado investiu mais de R$ 615 mil em novos equipamentos.

Além do investimento em equipamentos, o secretário de Segurança Pública, general Mansur, determinou o aumento no número de agentes estaduais na operação. Atualmente eles ficam divididos em três bases nos municípios no sul do Amazonas, região considerada de maior vulnerabilidade para crimes contra o meio ambiente relacionados à grilagem, uso irregular de terras, extração ilegal de madeira e garimpo.

FOTOS: Carlos Soares, Diego Peres e Bruno Zanardo/Secom

Informações para a Imprensa: Assessoria de Comunicação da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-AM): Tabajara Moreno (3652-2022, 99210-8956 e 99276-2019) e Édria Caroline (99192-2374). E-mail: assessoriasspam@gmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.